Carro x Uber, qual é o mais barato?

O Uber está transformando a relação das pessoas com os meios de transporte. O impacto que o aplicativo está causando é tão grande, que algumas pessoas estão desistindo de ter um carro próprio, devido a comodidade e a suposta economia proporcionadas pelo Uber.

Mas essa troca realmente vale a pena? Para resolver essa questão, selecionamos, no post de hoje, algumas informações que lhe ajudarão a decidir qual é a melhor opção para você.

Quais são as vantagens e desvantagens oferecidas pelo Uber?

A primeira vantagem é a disponibilidade de motoristas, afinal, o Uber é o principal aplicativo de mobilidade urbana utilizado no Brasil. Logo, ele conta com um alto número de motoristas cadastrados, o que significa que sempre haverá algum motorista disponível.

A comodidade é um outro ponto positivo do aplicativo. Você não precisará dirigir enquanto se locomove pela cidade e, ainda, não precisará se preocupar em encontrar uma vaga para estacionar, o que pode fazer com que você ganhe tempo no seu dia a dia.

O Uber também pode ser muito econômico. Entre as categorias de viagem oferecidas pelo aplicativo, há o Uber Pool, que é uma modalidade que funciona como uma corrida dividida entre outras pessoas, fazendo com que o custo da viagem. Se todos os assentos do carro forem preenchidos, o valor pode ficar menor que uma passagem de ônibus.

A maior desvantagem do Uber é a tarifa dinâmica. O valor da corrida varia de acordo com a oferta de carros em determinado local. Quanto mais baixa for a quantidade de carros em determinada região, maior será o preço a ser pago na corrida. Portanto, você poderá gastar mais do que esperava.

Além disso, o app de deslocamento urbano não é tão vantajoso para corridas longas, devido ao preço. Portanto, o aplicativo é melhor para aqueles que fazem corridas de curta a média distância no dia a dia.

E as vantagens e desvantagens do carro próprio?

A primeira vantagem do carro tem a ver com a autonomia proporcionada por ele. Com um carro, você pode se locomover quando e como quiser. Ou seja, você não vai precisar depender da disponibilidade de um motorista e nem vai ter que esperar por um.

Anúncios

Uma outra vantagem, é que o carro pode ser bem mais econômico para quem trafega diariamente por longas distancias ou, ainda, tem que se locomover por vários locais todos os dias.

Além disso, um veículo próprio não apresenta as mesmas restrições. Você pode se locomover para onde quiser e dirigir do jeito que quiser, respeitando a legislação de trânsito, é claro! Você pode viajar com amigos e viajar para outras cidades, por exemplo.

Todavia, o carro próprio pode ser uma fonte de estresse. Com o transito das cidades grandes cada vez mais intenso, enfrentar os longos engarrafamentos durante os horários de pico exige muita paciência. Por mais que esse tipo de situação seja inevitável, não precisar estar atrás de um volante enquanto se está preso no transito é uma grande vantagem do Uber em relação ao carro próprio.

Uma outra desvantagem está despesas do veículo. Existem muitos gastos que vão além do combustível. Você precisa pagar por eventuais manutenções e reparos, seguro e por toda a documentação. O valor do veículo também passa a valer menos com o passar do tempo.

Qual das alternativas é a mais barata?

Agora que você já conhece as principais vantagens e desvantagens entre o carro e o Uber, está na hora de saber qual dos dois é a melhor opção para o seu bolso.

Você precisará, primeiramente, saber o quanto você gasta mensalmente com o seu carro. Para descobrir o valor, você deve se atentar para as seguintes questões:

  • Qual o valor do seguro?
  • Qual o valor do IPVA?
  • Quantos quilômetros são percorrido diariamente?
  • Quais os gastos com combustível?
  • Quantos litros de combustível seu carro gasta por quilometro?
  • Quantas vistorias já foram feitas e qual o valor de cada?
  • Qual o valor da manutenção anua preventiva?
  • Qual o valor médio dos reparos?
  • Quanto é gasto com estacionamento?
  • Qual é o gasto com a limpeza?
  • O carro é financiado? Qual é o valor das parcelas?

Além de calcular as despesas, procure saber qual foi o valor gasto ao comprar o carro e qual o seu valor de mercado atualmente.

Tendo esses valores em mente, agora é hora de calculá-los e descobrir o quanto você gasta, em média, por mês com o seu veículo. Essa média irá variar de pessoa para pessoa e, dependendo, você pode economizar utilizando, por exemplo, combustíveis mais baratos.

Agora que você já sabe quais são as suas despesas com o seu veículo, é hora de calcular o quanto você gastaria se utilizasse o Uber ao invés do carro. Se os gastos com o app forem menores, talvez seja uma boa opção dar preferência ao aplicativo.

 

E aí, gostou do post? Então comente e compartilhe para que mais pessoas também possam ver!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.