10 Dicas para você organizar sua vida financeira

Ter uma vida financeira organizada pode ser um desafio para muitos brasileiros. Falta de disciplina pode até ser uma das principais causas, mas, muitas vezes, a falta de conhecimento sobre questões financeiras também contribui para a desorganização.

Sabendo disso, separamos dez dicas para te ajudar a deixar sua vida financeira organizada. Confira!

1 Tenha disciplina

Ter disciplina financeira é a primeira coisa a se desenvolver quando se quer organizar a vida financeira. Disciplina implica em traçar planejamentos e focar nos seus objetivos financeiros.

2 Faça uma análise da sua situação financeira

A falta de organização financeira muitas vezes é o fruto da falta total de controle de gastos. Para começar a organizar sua vida financeira, você deverá anotar as suas receitas e as suas despesas. Se seus gastos estiverem altos demais, está mais que na hora de tomar as organizar as suas finanças.

Com a identificação dos seus principais gastos, você conseguirá analisar quais despesas devem ser cortadas e quais realmente precisam ser mantidas.

3 Crie um orçamento

Depois de analisar suas finanças, está na hora de criar um orçamento para se organizar. Para fazê-lo, separe e analise os seus gastos fixos e os seus gastos variáveis. Gastos fixos são aqueles que sempre possuem o mesmo valor, como prestações de carro e mensalidades escolares, já os variáveis, como o próprio nome já diz, não possuem valor fixo, como as contas energia e água.

Você deve, com o orçamento, destinar para onde vão as suas receitas. Você deve também estipular metas para reduzir alguns gastos.

4 Estabeleça suas prioridades

Agora que você já está começando a organizar a sua vida financeira, chegou a hora de estabelecer quais gastos devem ser priorizados. Sugerimos que você priorize aquelas contas possuem juros altos. Se você evita pagar juros, você já consegue economizar.

Anúncios

Se você possuir dívidas, busque quitá-las. Pagá-las no prazo faz com que você evite de pagar mais juros.

5 Restrinja seus gastos diários

Além estipular prioridades, restringir alguns de seus gastos também é uma boa ideia para economizar. Sugerimos que você faça uma meta para seus gastos, definindo um limite mensal para cada tipo de despesa.

Esses limites devem ser empregados aos seus gastos do dia-a-dia, que podem envolver compras de supermercado e lazer, por exemplo. Fazer essas restrições não significa indicar um valor a ser gasto todo mês, mas sim colocar um limite para determinados gastos.

6 Tome cuidado com o crédito fácil

Cartões de crédito e cheques especiais podem parecer sedutores e, por isso mesmo, devem ser evitados. Por trás da imagem sedutora do crédito fácil, escondem-se altas taxas de juros, que podem se transformar em uma dívida gigantesca.

Não permita que o crédito fácil faça uma parte da sua renda. Use-o apenas quando for realmente necessário e não houver uma outra opção mais viável e como juros menores.

7 Mude seus hábitos de consumo

Mudanças de hábito são essenciais para conseguir economizar. Tais mudanças costumam ser sentidas como verdadeiros sacrifícios, mas elas serão necessárias se você quiser manter sua vida financeira organizada.

Avalie quais das suas despesas não essenciais podem ser evitadas. Diminuir a frequência dos jantares e idas ao cinema pode ser bem útil para poupar! Uma boa sugestão é buscar atividades de lazer gratuitas para substituir atividades pagas.

8 Crie uma reserva emergencial

Um fundo de reserva é a melhor prevenção para as situações inesperadas do dia-a-dia. Um fundo de reserva bem administrado pode trazer tranquilidade mesmo em momentos críticos, como problemas de saúde, problemas no carro e em rescisões de contrato.

O ideal é destinar pelo menos 10% de sua renda mensal ao fundo. Além disso, sugerimos que a reserva seja depositado em uma aplicação financeira com boa liquidez, como a poupança ou ainda o Tesouro Direto.

9 Faça investimentos

Quando sua vida financeira estiver mais organizada e suas dívidas quitadas, comece a buscar formas para investir seu dinheiro. Avalie seu orçamento e destine uma porcentagem da sua renda para um investimento.

Atualmente, existem várias opções de investimentos no mercado financeiro. Existem opções para investidores mais conservadores, moderados e até para os que gostam de correr risco. Estude bastante sobre investimentos e descubra qual é o ideal para você!

Não se esqueça que investir dinheiro é um ótimo meio para planejar o seu futuro.

10 Faça um curso de educação financeira

Muitas pessoas não possuem muito conhecimento sobre questões financeiras. Portanto, acabam ficando confusas quando se fala sobre juros, inflação e investimentos. Entender esses conceitos é essencial para aprender a organizar suas finanças.

Sabendo disso, é muito importante investir em educação financeira. Um curso de educação financeira pode ensinar tarefas caras para lidar melhor com o seu dinheiro. Você? aprenderá a formar e manter seu patrimônio, além de conseguir ferramentas para facilitar e agilizar a sua vida financeira.

E aí, gostou do post? Então comente e compartilhe para que mais pessoas também possam ver!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.